pessoas sentadas no chão em círculo conversando

Existem diversos tipos de negócios, mas há um entre eles que é especial por realizar transformações na sociedade. Ele é chamado de negócio social e tem como objetivo solucionar um problema, ser autossustentável financeiramente e não distribuir dividendos, ou seja, partilhar os lucros com os sócios. Todo valor que entra serve para cobrir seus custos.

O investidor que apostar em um negócio social vai recuperar o seu dinheiro, mas o lucro será reinvestido na própria empresa. Dessa forma, o impacto social aumenta. A medida do sucesso de um negócio social nasce a partir do bem criado para as pessoas ou para o meio ambiente, e não do total de lucro gerado em um determinado período.

Serviços de saúde e educação a baixo custo, voltado para as classes C, D e E, estão entre as iniciativas mais comuns de negócio social. Empregar pessoas com algum tipo de deficiência física ou mental também é uma outra forma de trabalhar com negócio social.

Como descobrir o seu tipo de negócio social

O primeiro passo importante antes de abrir um negócio social é descobrir de que forma você pode melhor atender o seu público-alvo. Afinal, quais são as necessidades reais dele? Só assim você vai poder oferecer produtos e serviços na medida certa. Faça pesquisas e converse com as pessoas para conseguir desenhar a estratégia do seu negócio social. Saber quanto as pessoas estão dispostas a pagar e de que forma também são igualmente importantes.

A verba para começar o negócio pode vir de diversas maneiras, inclusive de doações. Mas não conte com elas para manter o seu faturamento. Pense bem em como será o seu modelo de negócio: algumas empresas ganham por meio da venda dos produtos ou dos serviços oferecidos, enquanto outras oferecem treinamentos e consultoria para que consigam manter um atendimento gratuito ao seu público por outro lado.

Faça um piloto e um plano de negócios

Ter um bom plano de negócios é fundamental. Ele vai ajudar você a detalhar o que a sua empresa vai poder oferecer, os concorrentes e os valores de gastos e ganhos. Este documento será muito útil para você consultar sempre que necessário. Outro bom caminho é fazer um projeto piloto para que você possa acertar os detalhes antes de lançar oficialmente o produto. Teste com seu público-alvo. Um bom termômetro é se você conseguir vender todas as peças do projeto piloto.

Tenha paixão e não desista

Um negócio social, muitas vezes, leva tempo para dar certo. Mas o mais importante é acreditar muito na sua ideia e não desistir. Até mesmo os investidores dessa área sabem que eles demoram mais tempo para acontecer e, portanto, topam esperar mais para ver gerar o impacto social. Acredite na sua ideia e saia atrás de recursos de fundos internacionais e brasileiros. Entre eles estão a Yunus Negócios Sociais e a Vox Capital. Acredite, vá em frente e brilhe muito!