sazonalidade
Se você tem um negócio ou pensa em abrir um em breve, precisa considerar as datas comemorativas mais importantes, dias que vão ajudar a movimentar o seu caixa, e também os feriados e períodos de pouco movimento — isso se você não viver em uma cidade turística. Todo negócio está sujeito à sazonalidade, isto é, vender mais ou menos de acordo com uma determinada estação ou época do ano ou ainda do tipo de produto ou serviço que você está oferecendo. Isso significa que se você tem uma loja de biquínis, por exemplo, provavelmente vai ter um maior movimento perto do verão.
Para que seu negócio vá bem mesmo fora das datas comemorativas ou de determinadas estações do ano, é preciso investir na observação do seu público-alvo, criatividade e, se for o caso, em pesquisa de mercado. Com essas ferramentas você poderá se sair bem em qualquer época do ano, mesmo que ofereça apenas produtos especiais para o verão ou para o inverno.
Uma das saídas mais fáceis é oferecer descontos, promoções e liquidações durante as épocas do ano em que o movimento estiver mais baixo. De fato, isso chama a atenção do público e conquista até mesmo quem não era seu cliente.
Mas existem outras formas de aumentar suas vendas na entressafra das datas comemorativas, como Dia das Mães, dos Pais, das Crianças, Natal. Seguindo o exemplo da loja de moda praia, uma alternativa para provocar os clientes é criar novos usos para produtos convencionais. Biquínis e maiôs, por exemplo, não precisam necessariamente servir apenas para ir à praia ou à piscina: eles podem ser usados para caminhadas, corridas, ginásticas dentro e fora d’água, na academia ou no parque. Nesse caso, vale usar da estratégia de marketing digital, que pode divulgar produtos, serviços ou outros atributos do negócio por meio de ações promocionais na internet, principalmente por meio das redes sociais.

Outras estratégias para aumentar as vendas fora das datas comemorativas

Vamos imaginar que a sua empresa distribui brindes, como canetas, bonés, camisetas, chaveiros, blocos de notas. É muito fácil associar esses brindes a eventos ligados a empresas, que presenteiam seus funcionários no fim de ano. Mas como vender na mesma quantidade em outras épocas do ano? Que tal propor parcerias com revistas que tenham público-alvo parecido? Dessa forma, aumentará a possibilidade do cliente se interessar por ambos os produtos. Outra ideia é criar uma parceria com redes de varejo que pretendem trocar os estoques da temporada e oferecer, por exemplo, um jogo de cama com uma camiseta e um boné.
Mas não basta ter uma boa ideia. É preciso muita disposição e uma boa “lábia” para entrar em contato, criar novas parcerias e aumentar as vendas fora das datas comemorativas. Especialistas garantem que de nada adianta esperar o cliente bater na porta, mas sim desenvolver boas ideias que podem estar guardadas no papel. Ampliar as ofertas do seu negócio pode ser outra ótima saída para aumentar suas vendas fora das datas comemorativas.
Esse é o caso de quem é dono de uma sorveteria, mas resolveu apostar em tortas, doces e bebidas quentes no inverno. Assim que a nova ação for colocada em prática, não esqueça de divulgar aos quatro cantos. Conte para os amigos e parentes, poste na página do seu negócio no Facebook e no Instagram, distribua panfletos pelos arredores do seu bairro. Se o produto ou serviço oferecido for de qualidade, muito provavelmente o boca-a-boca vai funcionar e rapidamente o seu negócio estará a todo vapor funcionando antes, durante e depois de todas as datas comemorativas.