Economia criativa é o termo que nomeia negócios que trazem produtos ou serviços desenvolvidos a partir da criatividade. A ONU diz que as atividades desse setor produzem bens intelectuais e artísticos com conteúdo criativo e valor econômico. Podem estar nos campos da cultura, moda, design, música, artesanato, tecnologia e inovação.

O desenvolvimento de aplicativos e jogos de celular, por exemplo, são produtos da economia criativa. Outro exemplo são ateliês que vendem bancos pintados à mão ou utensílios artesanais de cozinha.

Como usar a expressão economia criativa:

Exemplo 1
Eu e minhas primas sempre gostamos de fazer bolsas artesanais. Vamos abrir uma loja online de economia criativa para vender esses produtos.

Exemplo 2
Acho que a economia criativa é uma boa área para abrir meu primeiro negócio. Meu marido e eu temos várias habilidades manuais e de marcenaria, então vamos vender bancos e outros móveis customizados.