Capital de giro: você vai ouvir muito esse termo no mundo do empreendedorismo. Ele significa capital de trabalho, ou seja, o dinheiro necessário para dar continuidade às operações dentro do seu negócio. Ele pode vir em forma de recursos para financiamento aos clientes (no caso de vendas a prazo, parceladas), para pagamento de fornecedores, de impostos, salários dos funcionários, para manter estoques e demais custos operacionais. Como o próprio nome indica, ele está relacionado às contas que “giram”, ou seja, que movimentam o dia a dia da empresa e faz parte da administração financeira da sua empresa.

Como usar a expressão capital de giro:

Exemplo 1
“Estou sem capital de giro. Creio que cometi algum erro ao gerir as finanças e agora preciso recuperar recursos para poder fazer novos investimentos.”

Exemplo 2
“Graças a um bom controle do capital de giro, agora posso investir em novos equipamentos e ferramentas para a minha empresa.”